como usar a pasta A4 para organizar procedimentos de trabalho

Os processos de trabalho são fundamentais para garantir a qualidade e estabilidade nos serviços prestados ou nos produtos entregues ao cliente.

Manter a padronização dos processos de trabalho é um grande desafio para empresas de qualquer porte. E o segredo do sucesso estão naquelas que mantém essa qualidade no serviço prestado utilizando essa padronização. Mas a questão é: como a sua empresa pode conseguir a excelência nos processos de padronização?

 

Treinamento

Empresas como Toyota possuem centros de treinamentos incríveis. O funcionário só pode trabalhar depois de passar por um processo rigoroso de treinamento que padroniza como ele deve executar cada etapa das suas tarefas.

exemplo de dojo no japão

exemplo de dojo no japão

Funcionários mais experientes nesses centros de treinamentos auxiliam os novos colaboradores a incorporar a cultura da organização.

 

Infelizmente, maior parte das empresas não tem condições de implantar um sistema tão complexo e nem de se dar ao luxo de manter um funcionário em treinamento durante meses. E isso acaba sendo um dos problemas das empresas brasileiras: a falta de tempo para qualificar a mão de obra.

 

Mesmo assim, é possível ter alternativas para contornar o problema da falta de treinamento.

 

Uma delas é: seja rigoroso no momento em que ensinar os novos colaboradores. Forneça ferramentas simples para que eles possam acessar informações de como devem proceder em seus trabalhos.

 

Na ISOFLEX usamos as pastas plásticas A4 para organizar os processos de trabalho. Todos os setores possuem suas IT (instruções de trabalho) fixadas ao lado do operador. Dessa forma, conseguimos manter a qualidade dos nossos produtos. Diariamente, o líder de cada setor tira 30 minutos para observar seus funcionários e verificar se eles estão seguindo e executando corretamente os processos listados.

PASTA PLÁSTICA A4 EM USO, NUMA UNIDADE FÁBRIL

PASTA PLÁSTICA A4 EM USO, NUMA UNIDADE FÁBRIL

Quando o funcionário pula um passo ou faz algo diferente, ele é indagado. Por vezes, ele acaba descobrindo uma melhoria no processo. Depois, a Instrução de Trabalho é alterada e esse novo conhecimento repassado para os demais.

 

Com essa simples mudança conseguimos um aumento de 30% de produtividade no setor de produção.