• Isoflex
  • Noticias
  • Sinalização de segurança do trabalho: Sua empresa segue todas as normas?

Sinalização de segurança do trabalho: Sua empresa segue todas as normas?

A sinalização de segurança do trabalho é algo imprescindível nas empresas.

Isso porque ela é fundamental não apenas para evitar contratempos como multas e interdições, mas também para não comprometer as condições relacionadas à acessibilidade, colocando em risco a integridade física dos funcionários.

Nesse caso, todos os alertas utilizados para chamar a atenção e orientar os colaboradores fazem parte do escopo da segurança do trabalho e possuem uma grande importância no cotidiano empresarial.

Mas nem sempre as empresas compreendem o porquê devem investir nesses avisos e, por isso, acabam deixando parte dessas normas de lado, o que pode resultar em graves complicações.

Por esse motivo, vale a pena conhecer mais sobre a sinalização de segurança do trabalho nas empresas, e entender sua verdadeira importância.

segurança-no-trabalho-blog-isoflex

O que é a sinalização da segurança do trabalho?

A sinalização de segurança do trabalho é o conjunto de todos os avisos e lembretes, criados de forma visual, tátil ou auditiva, com o objetivo de orientar e chamar a atenção dos colaboradores para possíveis riscos que o ambiente pode causar.

Além disso, eles também servem para identificar as medidas de segurança que devem ser tomadas para trabalhar naquela área.

Esses avisos são obrigatórios em locais onde há circulação de pessoas em maior volume, para prevenir acidentes, indicar onde estão equipamentos de segurança e alertar sobre possíveis perigos no ambiente.

Essa sinalização de segurança do trabalho pode ser composta por:

  • placas;
  • faixas;
  • adesivos;
  • sinais sonoros;
  • texturizados.

Inclusive, é comum que existam combinações de sinalizações com mais de uma categoria.

segurança-no-trabalho-blog-isoflex

Quais as principais sinalizações de segurança do trabalho?

A sinalização de segurança do trabalho deve ser de fácil entendimento, e alcançar todos os colaboradores e transeuntes do local onde serão instaladas.

Logo, elas precisam seguir um padrão, para que sejam reconhecidas com mais facilidade e funcionem como alerta, mesmo quando as pessoas que terão contato tenham dificuldades de leitura.

Além disso, elas também devem ser colocadas de maneira visível, para que os visitantes também reconheçam seus alertas, mesmo não conhecendo o ambiente com a mesma frequência que os colaboradores.

Os principais avisos que devem estar sinalizados corretamente em uma empresa são:

Perigo

A sinalização de perigo deve estar instalada em todos os locais onde haja risco iminente aos transeuntes.

Esses avisos são dos mais essenciais em uma edificação, pois estão diretamente relacionados com ferimentos graves e, que podem até mesmo levar à morte.

Alguns exemplos desse tipo de sinalização são as placas identificando alta voltagem, risco de choque elétrico, presença de produtos químicos, entre outros.

Proibição

Os sinais de proibição servem, justamente, para orientar o transeunte sobre a impossibilidade de avançar ou realizar alguma ação específica.

Nos locais onde está instalada a placa, o indivíduo deve se comportar de maneira a evitar o ato que está declarado.

São os casos dos lugares onde há placas de proibido fumar, proibido comer ou beber, e proibido usar celular.

Cuidado

Os sinais de cuidado funcionam como um intermediário entre as sinalizações de proibição e perigo.

Em suma, a sua função é preventiva, para evitar que o indivíduo se coloque em situações que possam gerar qualquer tipo de risco, chamando sua atenção para a condição indicada no aviso.

Exemplos de sinais de cuidado são as placas de chão molhado, pé direito baixo, desnível que pode levar a tropeços e área com movimentação de empilhadeiras.

Alerta

Os sinais de alerta também servem como uma orientação prévia, que serve para avisar o indivíduo sobre a necessidade de aumentar a atenção, para que a situação não se desenvolva para perigo iminente.

São indicações de níveis de perigo, que servem para evitar que o transeunte se coloque em risco direto.

É o caso das placas de indicação de velocidade máxima, por exemplo, que orientam os motoristas para se manterem dentro da lei.

Incêndio

As sinalizações que envolvem os avisos de incêndio podem ser classificadas em dois aspectos. São eles:

Sinais de proibição: são aqueles que indicam que é proibido que haja algum tipo de chamas abertas naquele lugar, como bitucas de cigarro, por exemplo;

Equipamentos de combate à incêndio: nesse caso, as placas servem para indicar onde estão guardados os equipamentos de combate ao fogo, como os extintores, mantas e mangueiras.

Orientação

A sinalização de orientação, como o próprio nome indica, é aquela que serve para ensinar aos transeuntes as maneiras corretas de agir dentro da edificação ou diante de algum equipamento.

Exemplos dessas placas são as que designam rotas de entrada e saída, locais de armazenamento de equipamentos, entre outros.

Aviso

As placas de aviso servem para chamar a atenção e informar sobre a maneira correta de se comportar dentro de determinado ambiente.

É o caso das sinalizações que identificam reciclagem e avisam ao indivíduo sobre a lixeira correta para o descarte de cada tipo de material.

Qual a importância da sinalização da segurança do trabalho?

Investir em sinalização de segurança do trabalho é, em resumo, uma condição que todas as empresas devem cumprir.

Isso porque, elas servem para cuidar do cotidiano dos colaboradores, prevenindo acidentes e reduzindo os riscos em sua atividade.

Ter essa sinalização garante que eles serão orientados para as melhores práticas e, dessa forma, poderão desempenhar suas tarefas com mais segurança e assertividade.

Além disso, elas também servem como orientação, o que pode reduzir os gastos da empresa com contratações de colaboradores que realizariam tal função. Por exemplo, acompanhar os visitantes até determinados locais.

Ainda, a sinalização de segurança do trabalho também é uma obrigatoriedade de ambientes com potencial perigo. Caso não obedeçam as normas, podem sofrer penalidades como multas e interdições.

 

Como escolher a melhor sinalização da segurança do trabalho?

A escolha da melhor sinalização da segurança do trabalho envolve desde a escolha dos materiais que serão utilizados para as placas e faixas, até a maneira como elas serão distribuídas no local.

Por isso, é importante que você opte por sinalizações feitas com materiais de qualidade, que manterão a sua integridade física por bastante tempo. Assim, não será necessário se preocupar com trocas e reposições.

Para tanto, procure pelos serviços de empresas que são referência no assunto para poder criar as suas placas, respeitando os detalhes que envolvem a comunicação visual no seu negócio.

Nesse caso, conheça mais sobre os serviços da Isoflex, que é líder no mercado de placas de sinalização, com referências do mercado, trabalhando com produtos de qualidade. Entre em contato com o time Isoflex e saiba mais!