Você sabe o que é a estratégia 5S? Confira!

A estratégia 5S é um método desenvolvido no Japão, onde o programa tem como objetivo controlar, organizar e manter os processos de uma empresa de forma organizada e coesa. 

Ainda que tenha nascido após a Segunda Guerra Mundial, é uma metodologia muito utilizada no mundo e principalmente pelas organizações aqui no Brasil. Isso porque através do método há uma grande facilidade de adaptar para diferentes situações, proporcionando a transformação de diversos cenários e realidades. 

A prática constante dessa proposta promove uma grande mudança interna e externa que, acaba indo muito além de criar uma cultura de bons hábitos dentro da organização, ela também promove uma comunicação coesa. Confira abaixo mais informações sobre a estratégia 5s, boa leitura!

 

Como surgiu a estratégia 5S?

Essa metodologia nasceu após a Segunda Guerra Mundial em 1945, que levou cerca de 40 milhões de civis à morte. Neste momento, o Japão afundou em ruínas e durante esse período de caos foi onde surgiu o 5S, como forma de reestruturar o país e trazer o avanço econômico. 

Esta técnica foi, então, difundida e aplicada em diversas empresas de manufatura, tendo como seu principal objetivo a melhoria do ambiente de trabalho no “chão de fábrica”. Entretanto, foi somente no fim da década de 60 que a metodologia passou a ser adotada por organizações e empresas no mundo inteiro, e chegou ao Brasil no início dos anos 80.

 

5s-isoflex

Conheça os princípios da Estratégia 5s e quais os seus benefícios

A estratégia conta com 5 princípios de controle de qualidade total:

  1. Seiri: Senso de Utilização;
  2. Seiton: Senso de Organização;
  3. Seiso: Senso de Limpeza;
  4. Seiketsu: Senso de Normalização;
  5. Shitsuke: Senso de Disciplina.

Seiri: Senso de Utilização

Nosso primeiro S fala sobre a utilização daquilo que é realmente necessário para executar alguma tarefa, tudo aquilo que estiver a mais deve ser descartado, ou seja, tudo aquilo que não for proveitoso para ser usado em uma tarefa deve ser separado e “descartado”, já que estando ali só irá poluir o ambiente e deixar de forma acumulada.

É importante também, eliminar os obstáculos que atrapalham a produção e o trabalho da equipe, além disso, evitará desperdícios dentro da empresa visto que ela saberá usar com mais equilíbrio cada recurso podendo realocá-los de acordo com a necessidade de cada time.

Seiton: Senso de Organização

Já no segundo S, Seiton, fala sobre organizar tudo aquilo que você separou como útil no passo anterior. É quando percebemos que a metodologia 5S trata de um ciclo onde devemos seguir a ordem dos princípios e implementar cada um deles, pois um é dependente do outro. 

Após a separação do útil é o momento de colocar tudo em seu devido lugar sobre o que for necessário para realizar aquela tarefa, esteja de prontidão. Aquilo que se utiliza todo dia, ou que é fundamental para executar alguma atividade deve ficar à mão e na visão dos olhos. 

O que é importante, mas que nem sempre é necessário, deve ser colocado em um lugar menos acessível, porém de forma organizada. Visto que essa metodologia economiza tempo, desgasta o dia a dia pois é fácil encontrar o que precisa. Você ainda pode utilizar esse S de acordo com critérios que manterão as coisas de forma ainda mais organizada, por exemplo:

  • Tipo de atividade;
  • Tipo de material;
  • Frequência de utilização;
  • Acesso;
  • Uso de itens mais antigos ou abertos primeiro.

Seiso: Senso de Limpeza 

Para o terceiro S, a máxima é garantir a higiene e limpeza do local, seja do ambiente da empresa como um todo, seja da sua própria mesa de trabalho ou do setor. Isso deve ser feito por todos da empresa, independente do setor, cargo e posição, é um dever de todos manter o ambiente limpo e organizado. 

Assim como podemos considerar o bom uso e conservação dos materiais de serviço. Manter o local e os recursos necessários no dia a dia de trabalho limpos, também garante um ambiente de trabalho mais saudável.

Quem não fica estressado ou agoniado quando entra em um ambiente cheio de papéis empilhados, coisas pelo chão, cadeiras fora do lugar, canetas espalhadas pela mesa? 

Quando estamos em um ambiente limpo e organizado somos mais produtivos, tendemos a ficar muito mais motivados e por influência também mantemos o ambiente organizado, já que o local estará adequado para você realizar tudo o que precisa. 

E muito mais do que limpar os obstáculos, a proposta é promover um racional, criando uma cultura de manutenção e condições do local de trabalho.

Seiketsu: Senso de Padronização

No senso de padronização, chegamos ao ponto de criar essas três etapas anteriores à rotina e cultura do dia a dia de uma organização. Falamos o quanto essa metodologia trata de um ciclo, onde cada senso depende do outro, portanto se uma falhar todos os outros também falharão. 

Por isso o quarto S existe, com o objetivo de tornar padrão os três passos seguidos acima. A empresa deve adotar essas estratégias e deve fazer parte da cultura e das rotinas organizacionais da companhia, não só de algumas pessoas, ou por algum tempo, deve ser aderido em toda a empresa e por todos.

Shitsuke: Senso de Disciplina

Para o último S aprendemos o senso de disciplina, além de tornar uma metodologia em comum a todos, é necessário ter disciplina e o hábito de deixar isso palpável para todas as áreas. Não é apenas o que é útil, organizar, limpar, mas sim tornar comum essa rotina e manter esse padrão. 

Na etapa final, é fundamental ter paciência e muita disciplina, pois implementar novas rotinas não é uma tarefa fácil, transformar as novas ações em estilo de vida é um processo contínuo. Esse é o último estágio do Programa 5S que é um dos mais importantes. 

Neste momento, o que se espera é que a organização tenha sentido uma verdadeira reestruturação interna e entenda o quanto essa metodologia é importante para a melhoria dos processos. Cada colaborador deve se dedicar e seguir normas, regras, procedimentos e atender especificações, sejam elas quais forem, para que o conjunto todo sinta a mudança.

 

Quais são as vantagens de aplicar a estratégia 5S?

Aplicando essa metodologia a organização inteira ganha, os processos se tornam mais rápidos, organizados e padronizados. Há a economia nos insumos e nas ferramentas de trabalho, é gerado uma maior segurança do local de trabalho, assim como uma melhoria da comunicação.

Além disso, há uma diminuição do tempo de execução em uma tarefa, maior taxa de produtividade e maior desempenho.

 

E aí, o que acho dessa estratégia? nos conte nos comentários. Aproveite também para conhecer outros métodos para auxiliar a gestão da sua empresa em nosso blog.